Tag Archives: texto escrito por Danielle Santos

Nada passou de um grande sonho

12 jan

fotografia01 O telefone dela toca. É ele ! Mil coisas se passaram naqueles 30 segundos em que ela ficou olhando o visor do celular, para confirmar se era mesmo o número dele. Resolveu atender, mas preferiu ficar em silêncio e ouvir o alô da primeira ligação depois que terminaram.

– Alô, Mari ? É o Vinicius tudo bem ? Mari você está ai, ? Tudo bem, eu sei que você não está afim de conversar comigo, mas eu preciso desabafar, preciso te contar tudo o que está acontecendo. Não precisa falar nada não tá bom ? Só ouvi o que eu tenho pra dizer, por favor não desligue. Eu sei, você tem toda a razão de não querer falar comigo. Sei também que eu te magoei muito, te fiz sofrer bastante com as minhas atitudes de muleque. Sabe quando você dizia aquela frase: As vezes só dão o devido valor quando realmente perdem ? Eu achava que você era louca e só fazia drama, mas depois que eu te perdi, eu passei a entender muito bem o significado que essa frase passou a ter. Já virou rotina deitar na cama e chorar, chorar por ter perdido a menina dos olhos cor de mel, que me ligava todas as noites pra me desejar boa noite/dorme bem/eu te amo e que muitas vezes eu nem atendia. Sinto falta das suas mensagens no meio da madrugada, foram poucas que li, mas eu eu sinto falta mesmo assim. Falta dos seus abraços apertados e cheios de saudade quando eu chegava na sua casa depois de várias noitadas na balada. E os seus beijos ? Sempre os melhores. Hoje eu sei bem a diferença entre os seus beijos e dos beijos daquelas garotas rodadas que eu vivia pegando, porque agora eu não tenho mais os seus e os delas não me agradam mais e na verdade elas só me queriam pelo carro, dinheiro e uma boa noite de amor, mas nada.

Sabe ? Eu nunca imaginei que você me deixaria assim, você me faz uma falta enorme. Pensava eu que aquele seu “adeus” era a minha “carta de alforria”. Eu sei, já é tarde demais pra arrependimentos, eu me fiz perder você e não posso mais voltar atrás, certo ? Talvez você esteja bem mais feliz sem mim, com um outro alguém que não te maltrate como eu a maltratei. Mas, eu também sei que você não me esqueceu completamente, que você pode ter os piores sentimentos por mim, mas aquele amor que você sentia por mim ( e que eu não soube valorizar) está ai sufocado no seu coração. Você ainda me ama, me ama.

Isso era tudo o que eu precisa te falar, parece que 15 toneladas acabaram de sair das minhas costas e principalmente da minha consciência. Desculpa te incomodar, mas tudo o que eu te disse era pura verdade. Mesmo sem mim, quero que seja feliz , pois, você sempre será a minha menina dos olhos cor de mel. ” Os dois ficaram em silêncio por alguns instantes. e quando Mari respirou fundo pra dizer algumas coisas que esteja sufocando ela também ou talvez pra dizer a ele que ela realmente o amava, ouviu o barulho do despertador e alguém batendo na porta dizendo:

– Mari, acorda você vai se atrasar por colégio.

Ela acorda e percebe que nada passou de um grande sonho.

Anúncios

Reviravolta

30 nov

 Anka Zhuravleva

Eu não queria, eu não sei se é o certo te contar tudo isso, mas é preciso. É preciso que você saiba tudo que passa dentro de mim e que ainda está relacionado a você. Quando você me disse aquelas palavras no telefone,sabe machucou tanto, feriu demais,eu nunca pensei que você seria capaz, mas foi.Você parecia tão decidido e tranquilo com o que estava fazendo que achei que você não se importava mais comigo e não se importa mesmo, não estava nem aí para aquelas tardes que passamos juntos as quais você vivia dizendo me amar, por aqueles carinhos, pelo seu jeito, seu modo de me tratar, pelo sentimento que eu estava cultivando por você. Eu não vou mentir pra você, quando você se foi parecia que o meu coração tinha se tornado cacos de vidro tão pequenos que seria impossível de ser juntado, parecia que o sangue jorrava pra fora das veias, pensei ate que não sobreviveria mais de uma semana longe de ti, não suportaria essa solidão, porque você me ensinou a te amar. É, olha onde eu estou agora né ? Aqui escrevendo um texto pra desabafar, pra dizer tudo o que eu queria te dizer mais não te tive coragem, porque você sabe como eu sou, meu orgulho fala mais alto que todos os meus sentimentos juntos. Talvez ter escrito tudo isso aqui não vá valer a pena, porque você pode estar lendo e nem sabe que é pra você, ou sabe mas não faz questão e também não se importa nem um pouco, ou nem vai saber que esse texto existe, você se foi, mas deixou uma bagunça gigantesca dentro de mim, e o pior: eu não me encontrei ainda. Enfim, quando eu disse que todo o meu coração tinha se transformado em cacos de vidro, eu me equivoquei. Meu coração tá faltando um pedaço, que foi desprendido e que talvez não se encaixe mais, porque eu aprendi que você pode reconstruir tudo de outra forma, melhor. Esse pedaço é você, um pedaço que eu fiz questão de cuidar, de colar todas as vezes que tentava se desprender de mim, porque eu gostava desse pedaço. Pra mim nada foi ilusão, nada foi por acaso, se era pra acontecer, aconteceu. Eu não te culpo por nada, não te odeio, eu apenas estou magoada porque você se tornou aquilo que eu não esperava que você se tornaria, é aí que a frase ” as pessoas mudam ” se encaixa nesse texto. Você mudou muito, e rápido demais, eu não estive pronta pra acompanhar e muito menos pra aceitar essa sua mudança, eu não gostei, eu não quis essa mudança, essa reviravolta toda que você deu.Acho que por isso, você preferiu me deixar pra trás, eu não cabia na sua bagagem, certo ?  Eu passei a não sentir mais sua falta, porque eu gostava da pessoa que você era ou fingiu ser, e não da pessoa que você se tornou. Poxa, apostei tanto em nós dois, pensei que com você seria diferente, que você não era igual aos outros, mas foi. As vezes eu me pergunto onde foi parar todo aquele amor seu, onde você conseguiu ser aquilo tudo na minha frente ? Ah lembrei ! como você mesmo disse “você nunca me amou”,é que as vezes eu me esqueço sabe, é tanta mentira, ilusão que a trouxa se passa. Enfim, quebrei a cara. Agora é só esquecer tudo e não olhar pra trás, porque o sentido da vida é pra frente.